segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

O profissional do Futuro (em especial o Educador)

Postado por Raylene Rêgo às 05:25
Terça-feira, 2 de Outubro de 2007

O profissional do Futuro (em especial o Educador)
Por: Raylene Rêgo
Pedagoga/ Especialista em Interdisciplinaridade

O mundo está mudando a cada segundo. Isso é fato e não novidade.
Surge um novo modelo de educação; um novo modelo de sociedade; um novo modelo de capitalismo; uma nova maneira de pensar.
As empresas não possuem mais “donos.” Estas só existem com a presença de investidores.
Como a competitividade é cruel, as posturas antigas dos comerciantes não sobrevivem às mudanças e exigências do consumidor moderno, informado e informatizado, conhecedor de seus direitos.
Hoje, com um valor não muito significativo, qualquer pessoa pode colocar seu dinheiro num fundo de investimento num banco. Na realidade, os donos de empresas, isso inclui a escola, são, na verdade, milhares de pequenos investidores. Isso muda tudo.
Muda, porque não tendo mais “donos” as empresas tem que ser realmente competitivas; pois estão sendo observadas constantemente por outros investidores.
No que se refere a escola privada, o novo capitalismo funciona mais ou menos assim:
-O pai investe na escola e a pressiona para obter o maior retorno possível;
-A escola pressiona os professores, nos quais os pais acreditam no potencial e esperam comprovar bons resultados diante do processo de ensino e aprendizagem. Assim a escola exige cada vez mais dos seus profissionais com o intuito de manter os seus clientes no ambiente escolar, fazendo valer o investimento doa pais.
Contudo, a empresa(escola) pressiona seus funcionários para que os investimentos tenham o esperado retorno para os seus investidores. É bronca!
A lei é a exigência em cima do profissional, mas a motivação para a produção desse profissional onde está?
A habilidade de negociação está presente? Ou há a negociação da imposição(o chefe manda, o funcionário obedece)?Será que isso é a negociação?
Caro professor
Você precisa assumir a responsabilidade diante do processo educacional. Apesar dos avanços, da idéia de que a criança desabrocha sozinha, cabe ao professor, ser mediador no processo de ensino e aprendizagem. Deve assumir a postura de aproximar a criança aos saberes significativos, mesmo levando em consideração que a criança aprende e se desenvolve sozinha.
Você deve deixar de ser um transmissor de conhecimentos e caminhar ao lado do aluno, ajudando-o a decodificar cada informação do mundo, re-significando cada conteúdo com o intuito de que haja apropriação das informações.
Você precisa perceber e assumir seu papel para superar as dificuldades; precisa criar condições, se aprimorar, se informar, passar por formações, buscar uma maneira de ser formado continuamente.
Mas como fazer para obter informação, a formação, o ato de aprimorar-se?
Será que através de um estudo das disciplinas pedagógicas?
Será que tendo contato com as psicologias: evolutiva e da aprendizagem?
Lutando por novos cursos, novos temas oferecidos nas universidades e faculdades?
Será que o orientador educacional no ambiente escolar pode contribuir com a formação continuada do professor?
A direção administrativa da escola pode contribuir com o aprimoramento da postura do professor?
Pense em alternativas.Deus nos ajude com sua mão divina!!!
Postado por Raylene Rêgo às 19:08 0 comentários Links para esta postagem
Postagens mais recentes Postagens mais antigas Início
Assinar: Postagens (Atom)
Terça-feira, 2 de Outubro de 2007
"Sem saber para que Deus nos criou, tentando ser o que não somos ou desejando ser outra pessoa, seremos levados a uma vida de sofrimento, frustração e fracasso." (Stormie Omartian)
Postado por Raylene Rêgo às 19:05 1 comentários Links para esta postagem
Reflexão

"Sem saber para que Deus nos criou, tentando ser o que não somos ou desejando ser outra pessoa, seremos levados a uma vida de sofrimento, frustração e fracasso."
(Stormie Omartian)
Postado por Raylene Rêgo às 19:01 0 comentários Links para esta postagem
Por que devemos orar?
Assim como o amante sente a necessidade de expressar o seu amor à amada, assim também a criatura sente o desejo de expressar seus sentimentos ao Criador Todo-Poderoso. Para o coração iluminado e para a mente esclarecida, a Palavra Revelada tem um efeito incomparável e uma força indescritível, pois é a trilha espiritual, o caminho e o meio pelos quais o Criador deseja e pode ser constatado.
"Entoa, ó meu servo, os versículos de Deus a ti revelados, assim como os entoam os seres que Dele se aproximaram, a fim de -acender tua própria alma com a doçura de sua melodia e atrair os corações de todos os homens. Se alguém, recluso em seus aposentos, recitar os versículos por Deus inspirados, os anjos do Todo-poderoso difundirão a fragrância das palavras emanadas de seus lábios, o que fará vibrar o íntimo de todo homem justo. Embora seu efeito, a princípio, passe despercebido, cedo ou tarde, no entanto, a virtude da graça que lhe é concedida, exercerá influência sobre sua alma. Assim os mistérios da Revelação Divina foram decretados pela Vontade de Deus, Fonte de poder e sabedoria."
Artigo em Fortnightly Review, junho de 1911, por Miss E. S. Stevens
Postado por Raylene Rêgo às 18:14

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Recadinho


Glitter Text @ Glitterfy.com

UOL Notícias





Declaração Universal dos Direitos Humanos