quinta-feira, 10 de julho de 2008

MEC vai elaborar políticas para alunos com Dislexia












O Ministério da Educação (MEC) criou um grupo de trabalho para elaborar as políticas direcionadas a alunos com transtornos de aprendizagem, como a dislexia.
O objetivo da comissão, segundo a assessoria de imprensa do MEC, é elaborar um documento com orientações para distúrbios como a dislexia, disortografia, disgrafia, discalculia, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade.
A comissão terá 120 dias para apresentar um documento com as orientações. Os professores da educação básica poderão recorrer a ele para atender alunos com transtornos de aprendizagem.
Segundo a Associação Brasileira de Dislexia (ABD), a dislexia é o distúrbio de maior incidência nas salas de aula e atinge entre 5% e 17% da população mundial.A ABD define dislexia como um distúrbio ou transtorno de aprendizagem na área da leitura, escrita e soletração.


Em relação aos alunos com déficit de atenção, a Associação Brasileira de Déficit de Atenção (Abda) explica que eles apresentam sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade.A discalculia tem a ver com a dificuldade do aluno com operações matemáticas.


A disgrafia se refere a problemas para escrever letras e números e a disortografia está ligada a confusões com as sílabas e troca de letras que se parecem sonoramente.O grupo do MEC é formado por especialistas, associações de pais e alunos e entidades ligadas a transtornos funcionais.
Fonte: G1
Blog do coordenador
Postado por Jailson Rêgo Braz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Recadinho


Glitter Text @ Glitterfy.com

UOL Notícias





Declaração Universal dos Direitos Humanos