quarta-feira, 20 de maio de 2009

Dinâmica em Sala de Aula: Uma Questão de Atitude!

href="http://4.bp.blogspot.com/_qRWE62766uQ/SiaPtd9SdwI/AAAAAAAAAR8/A3oFLlWBJV4/s1600-h/5.jpg">




Texto de Apoio: Dinâmica em Sala de Aula: Uma questão de Atitude
Por: Raylene Rego Braz Andrade Oliveira. Pedagoga. Especialista em Interdisciplinaridade. Elaborado em Juazeiro, 19 de maio de 2009.

A palavra dinâmica origina-se do grego dynamike e significa força.
Ao longo dos tempos as dinâmicas ganham espaço por serem identificadas como instrumentos que auxiliam o fazer pedagógico. A cada dia os profissionais da educação demonstram interesse acerca do tema a fim de: incentivarem os seus alunos, introduzirem ou aprofundarem conteúdos, quebrar paradigmas, promover a socialização, despertar habilidades e desenvolver competências.
Para Hamilton Werneck (p.129, 2009) “A geração dos anos 90, hoje nas escolas, aprende qualquer coisa se tiver motivação; se tiver esse impulso gerado pelo amor que vem de dentro. Aprende a usar tecnologia de ponta, mesmo que a escola não os ensine ou não a possua”. [...] “A geração atual aprende se houver inovação, novas abordagens, ressignificação do conhecimento e contextualização daquilo que lhes é proposto”.
“A contextualização tem a ver com todas as conseqüências que um determinado tema gera. [...]” diz Alex Gutenberg (p.159, 2009)
Contudo, se faz necessário uma visão ampla da realidade em que se deseja ou é preciso intervir e atuar. Visão esta, que envolve o público alvo (faixa etária), o tema chave (que abordagem requer o memento), como desenvolver o tema chave (que meios utilizar) e que conclusões podem ser verificadas e registradas (pontos positivos e negativos) para então rever as ações, aprimorando-as. Ao se evidenciar a necessidade de envolvimento entre o público alvo, tema chave, desenvolvimento do tema chave, conclusões e registros diante da execução da dinâmica, fica clara a importância de se conhecer cada passo.


www.raylenerego.blogspot.com.br/2009-raylenerego@hotmail.com

Questões Relevantes
(Com base no livro: Dinâmica em Sala de Aula: Instrumento da Ação Pedagógica/ P. 11, 2008: Raylene Rego Braz A. Oliveira.).

Como utilizar uma Dinâmica?
Como instrumento auxiliar diante do fazer pedagógico.
Na sala de aula o que significa uma Dinâmica?
Um rico instrumento incentivador e provocador da aprendizagem.
O que é preciso saber para se realizar uma Dinâmica?
É preciso primeiramente saber o que se deseja/ pretende alcançar. É preciso traçar regras, objetivos para que não haja duvidas e incertezas.
Quais os tipos de Dinâmicas mais comuns?
· Dinâmica de Apresentação
· Dinâmica de Aprofundamento
· Dinâmica de Leitura
· Dinâmica de Socialização

www.raylenerego.blogspot.com.br/2009-raylenerego@hotmail.com
Referencias Bibliográficas


OLIVEIRA, P. Lopes de. Aprendizagem organizacional. Piracicaba, SP: UNIMEP, 2003.

OLIVEIRA, Raylene Rego Braz Andrade. Dinâmica em Sala de Aula: Instrumento da Ação Pedagógica. Juazeiro- BA: Franciscana, 2008.

SAMPAIO, Dulce Moreira. A pedagogia do Ser/ Educação dos movimentos e dos valores humanos. Rio de Janeiro: Vozes, 2004.


WERNECK, Hamilton. Em CONTE, Priscila. Educação 2009: As mais importantes tendências na visão dos mais importantes educadores. Curitiba: Humana Editorial, 2009.

2 comentários:

  1. Ameeeeiiiiiiiiii!!!!!
    Ver gente da minha cidade fazendo algo tão interessante,adoro dinâmicas, quanto mais informações sobre o assunto melhor.
    PARABÉNS !!!!!

    ResponderExcluir
  2. Que bom. São essas contribuições que nos impulsiona a caminhada.
    Obrigada conterrânea.

    ResponderExcluir

Deixe seu Recadinho


Glitter Text @ Glitterfy.com

UOL Notícias





Declaração Universal dos Direitos Humanos