domingo, 4 de outubro de 2009

OLIMPÍADAS 2016

02/10/2009 - 13h50 Fonte: http://esporte.uol.com.br/ultimas
Rio ganha Olimpíadas de 2016 e Brasil já se prepara para gastar R$ 25,9 bi
Lello Lopes
Em Copenhague (Dinamarca)

Depois de três tentativas fracassadas, o Brasil finalmente ganhou a disputa pela sede dos Jogos Olímpicos. Agora, o governo brasileiro pode se preparar para colocar a mão no bolso. O projeto é estimado em R$ 25,9 bilhões, cifra sem precedentes na história do esporte nacional.



21/08/2008 15h04
OLIMPÍADAS 2016 SÃO NOSSA!
fONTE: http://www.redevida.com.br/noticia.php?cod=58



Ailim Braz,
de Pequim.

Em coletiva na Casa Brasil, em Pequim, na tarde desta quinta-feira (21), o ex-jogador de futebol Pelé, a jogadora de basquete Janet Arcain e o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, reforçaram o apoio à candidatura do Rio de Janeiro como sede das olimpíadas 2016. Pelé é embaixador da campanha e, segundo ele, depois da escolha da África do Sul para sediar a Copa 2010, nosso país tem grandes chances de vencer a disputa pela maior competição esportiva mundial. Tóquio, no Japão, Madri, na Espanha, e Chicago, nos Estados Unidos, são as concorrentes do Brasil nessa empreitada.

Se o Rio de Janeiro for escolhido, os Jogos Olímpicos 2016 estão previstos para acontecer entre os dias 05 e 21 de agosto. Nessa época, segundo o COB, além de favorecer o calendário esportivo internacional, o clima na capital carioca está mais ameno, com poucas possibilidades de chuva e temperaturas mais baixas. No que depender do clima, a vitória está quase garantida. Mas, apesar de algumas obras já estarem em andamento, o governo brasileiro ainda precisa melhorar a infra-estrutura esportiva no país.

Pelé comparou os problemas enfrentados pelo Brasil, agora, com os que têm sido superados pela África do Sul em relação à Copa 2010. Segundo ele, assim como o país africano, que se prepara para a primeira edição de um evento dessas dimensões naquele continente, o Brasil pode ser o primeiro da América do Sul.

O rei do futebol e o presidente do COB descartaram, no entanto, a possibilidade das Copas 2010 e 2014 influenciarem na escolha da sede olímpica para 2016. “A eleição está prevista para o ano que vem. Muito antes da Copa da África do Sul e da do Brasil”, justificou Nuzman.

Atletas

Embora a coletiva de imprensa fosse para falar sobre a campanha Rio 2016, Pelé e Janet acabaram falando sobre o desempenho dos atletas brasileiros. A jogadora de basquete acredita que a idéia de sediar as Olimpíadas pode melhorar o desempenho do Brasil no esporte.

Pelé também defende a mesma idéia, mas é realista ao afirmar que somente isso não basta. Segundo ele, a economia brasileira melhorou muito nos últimos anos e isso, além de ajudar na realização da Copa e das Olimpíadas, também pode refletir na preparação dos atletas. “O governo já investe no esporte, mas ainda existe a necessidade de maiores investimentos”, reconhece.

Ouro Olímpico

Na entrevista, sobrou até para o futebol masculino que, mais uma vez, poder sair das Olimpíadas sem medalhas. “Dunga jogou 4 ou 5 partidas contra a Argentina e ganhou todas. No último jogo, a equipe perdeu porque estava despreparada”, amenizou Pelé.

Já em relação ao time feminino, a confiança do embaixador Rio 2016 no ouro olímpico é grande. “A Marta é um Pelé de saia.Vamos torcer para que ela consiga trazer essa medalha”, empolgou-se.

Campanha

fONTE: http://www.redevida.com.br/noticia.php?cod=58

A eleição que definirá o local das competições de 2016, está marcada para o dia 02 de outubro de 2009, em Copenhague. Até lá, o Brasil segue uma agitada agenda para promover o Brasil esportivo no cenário internacional. Uma das estratégias foi instalar em um hotel de Pequim, a Casa Brasil. Trata-se de um espaço para realização de entrevistas coletivas de atletas medalhistas, autoridades e artistas brasileiros.

Desde a abertura da Casa no dia 05 de agosto, já passaram por lá o cartunista criador da Turma da Mônica, Maurício de Sousa, a atriz Lucélia Santos (famosa na China pela atuação na novela “A escrava Isaura”), e a presidente da Embratur, Jeanine Pires. Depois de conquistarem a medalha de bronze, também passaram por lá os representantes do judô Ketleyn Quadros, Leandro Guilheiro e Tiago Camilo, além do nadador César Cielo, ouro nos 50m e bronze nos 100m livres.
Fonte: Projeto UCB Beijing 2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Recadinho


Glitter Text @ Glitterfy.com

UOL Notícias





Declaração Universal dos Direitos Humanos