quarta-feira, 3 de março de 2010

CANTIGAS DE RODA

fonte: http://www.qdivertido.com.br/cantigas.php

Alecrim


Alecrim, Alecrim dourado
Que nasceu no campo
Sem ser semeado
Foi meu amor
Quem me disse assim
Que a flor do campo
É o alecrim


Cirandinha

CIRANDA, CIRANDINHA,
VAMOS TODOS CIRANDAR,
VAMOS DAR A MEIA VOLTA,
VOLTA E MEIA VAMOS DAR.
O ANEL QUE TU ME DESTE,
ERA VIDRO E SE QUEBROU,
O AMOR QUE TU ME TINHAS,
ERA POUCO E SE ACABOU.
POR ISSO MENINA AGORA
ENTRE DENTRO DESSA RODA,
DIGA UM VERSO BEM BONITO,
DIGA ADEUS E VÁ EMBORA.

Cantigas: CIRANDINHA.


Da abóbora faz melão

Cantigas: DA ABÓBORA FAZ MELÃO.

Da abóbora faz melão
Do melão faz melancia
Da abóbora faz melão
Do melão faz melancia
Faz doce, sinhá,
Faz doce, sinhá,
Faz doce, sinhá, Maria

Quem quiser aprender a dançar,
Vai na casa do seu Juquinha,
Quem quiser aprender a dançar,
Vai na casa do seu Juquinha.
Ele pula, ele roda
Ele faz requebradinha.

Um, dois, três indiozinhos
Quatro, cinco, seis indiozinhos
Sete, oito, nove indiozinhos
Dez num pequeno bote
Iam navegando pelo rio abaixo
Quando um jacaré se aproximou
E o pequeno bote dos indiozinhos
Quase, quase virou.

Cantigas: INDIOZINHOS.


FUI NA ESPANHA BUSCAR O MEU CHAPÉU
AZUL E BRANCO DA COR DAQUELE CÉU.
OLHA PALMA, PALMA, PALMA
OLHA PÉ, PÉ, PÉ
OLHA RODA, RODA, RODA
CARANGUEJO PEIXE É.
CARANGUEJO NÃO É PEIXE,
CARANGUEJO PEIXE É,
CARANGUEJO SÓ É PEIXE
NA VAZANTE DA MARÉ.
SAMBA CRIOLA QUE VEIO DA BAHIA
PEGA ESTA CRIANÇA E JOGA NA BACIA.
A BACIA É DE OURO, AREADA COM SABÃO,
DEPOIS DE TUDO PRONTO, ENXUGA NO ROUPÃO.
O ROUPÃO É DE SEDA,
CAMINHA DE FILÓ
QUEM NÃO PEGAR SEU PAR
FICARÁ PARA A VOVÓ.
A BÊNÇÃO VOVÓ, A BÊNÇÃO VOVÓ!
CRIOU LÊ LÊ
CRIOU LÊ LÊ LÁ LÁ CRIOULA LÊ LÊ
NÃO SOU EU QUE CAIO LÁ.

Cantigas: FUI NA ESPANHA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Recadinho


Glitter Text @ Glitterfy.com

UOL Notícias





Declaração Universal dos Direitos Humanos