sexta-feira, 1 de julho de 2011

Gravidez

A um passo da Gravidez

Detectando o período fértil


O período fértil da mulher tem como duração, de três a quatro dias antes da ovulação (quando o ovário expeli um óvulo) até três dias após a mesma. A razão disto é que os espermatozóides podem sobreviver até 72 horas dentro do organismo feminino e o óvulo até 48 horas depois da ovulação (em casos excepcionais até 72 horas), a menos que ele seja fecundado, é claro.

Para a mulher, principalmente a que tem um ciclo irregular, a melhor maneira de determinar o período fértil, é prestar atenção nas mudanças físicas e hormonais do corpo, que acontecem a cada mês, e se familiarizar com os sinais que a ovulação apresenta.

Vejamos agora, as mudanças mais acentuadas que ocorrem durante o ciclo menstrual e quais os métodos de controle que você pode utilizar para detectar o seu período fértil:

Desconforto ou dores abdominais


20% das mulheres sentem no período próximo à ovulação, leves cólicas ou dores no abdômen, que podem surgir no lado correspondente ao ovário que irá expelir o óvulo e durar de alguns minutos a algumas horas. A este fenômeno damos o nome de dismenorreaintermenstrual (Mittleschmerz). Embora possa ter outras causas, se estes sintomas ocorrerem mais ou menos 14 dias antes da próxima menstruação, pode ser indício de ovulação.

Controle do Muco Cervical (Método de Billings)


Existem vários tipos de secreções vaginais, uma delas é o muco cervical, uma secreção natural da mulher que se modifica durante o ciclo menstrual, em termos de volume, textura e aparência, dando pistas sobre a fertilidade da mulher.
O papel fundamental deste muco, durante a época fértil, é nutrir, proteger e ajudar os espermatozóides a chegarem a seu destino, ou seja, percorrerem o útero e penetrarem nas trompas para irem de encontro ao óvulo.


Fase pré-ovulatória (período "seco"):
Logo após o final da menstruação, devido aos baixos níveis de estrógeno e progesterona, algumas mulheres não são férteis, pois não secretam muco, ou secretam muito pouco, que nesta fase se encontra grosso, opaco (branco ou amarelo), pastoso e se quebra quando esticado. Quando a mulher tem um ciclo menstrual muito curto, o período "seco" é ausente ou reduzido em dias.


Fase ovulatória (período fértil):
À medida em que a ovulação se aproxima, as criptas cervicais começam a produzir uma maior quantidade de muco, que a cada dia que passa, vai ficando mais fino, líquido, leitoso e escorregadio. Isso ocorre em razão do aumento da produção de estrógeno, e a mulher já pode notar uma sensação de umidade (sinal de fertilidade). No período onde é mais fácil engravidar, o muco fica transparente, claro, escorregadio e elástico quando em contato com os dedos, indicando que a ovulação está por vir. Quanto mais elástico o muco estiver, mais fértil a mulher estará. O dia do ápice da elasticidade do muco corresponde ao pico da secreção de estrógeno e, fisiologicamente, antecede a ovulação por não mais que três dias. Muitas mulheres comparam o muco desta fase com a clara de ovo, porém ele pode ser amarelado ou avermelhado.

Fase pós-ovulatória (período "seco"):
Aproximadamente quatro dias após o dia do ápice da elasticidade do muco, e devido ao aumento dos níveis de progesterona e diminuição de estrógeno, o muco diminui, volta a ser opaco e perde a elasticidade. Este período já não é mais fértil e a mulher entra no período "seco" pós-ovulatório, que vai até o final do ciclo menstrual.

Como verificar as características do muco:

Observe o muco todos os dias, introduzindo os dedos polegar e indicador na vagina. Depois separe os dedos a fim de verificar o aspecto do muco e sua elasticidade, que pode atingir uma distensão de 15 a 20 mm no dia do ápice.


Pontos importantes:

- A eficácia deste método de controle, quando utilizado corretamente, é de 75% a 85%.

- O aspecto do muco é muito mais importante que a quantidade. Isto é, o que mais interessa é sua aparência e textura.

- Se você estiver com algum corrimento vaginal, provocado por infecções no local, você pode se confundir, levando-a à uma interpretação errada do muco. Portanto, este método não deve ser utilizado na presença de corrimentos.

- Um simples stress, viagens, atividades físicas em excesso, medicações, alterações hormonais, cistos de ovário e muitos outros fatores, podem alterar a data da sua menstruação, da sua ovulação, assim como do seu período fértil.

- Se você estiver com alguma dúvida quanto a utilização deste método de controle, não deixe de pedir orientações ao seu médico ou a um profissional de saúde.

Detectando o período fértil

Controle da Temperatura basa


Após a ovulação, que ocore aproximadamente 14 dias antes da próxima menstruação, a temperatura basal da mulher pode aumentar em torno de 0,3 a 0,4 grau, e segue alta até o início da próxima menstruação, e caso a mulher engravide, ela ficará elevada durante toda a gravidez. A elevação não pode ser sentida, a não ser que se utilize um termômetro para detectar esta tão desprezível diferença.
O aumento da temperatura é provocado pela produção de progesterona, que por sua vez, é estimulada pela liberação do óvulo.
A mulher estará na fase de maior fecundidade de um a dois dias antes da sua temperatura chegar ao nível mais alto.

Os especialistas recomendam que se anote a temperatura todos os dias pela manhã (por isso o nome basal), antes de se levantar, e durante alguns meses, pois assim é possível descobrir um padrão e definir a provável data da ovulação.

A temperatura deve ser medida colocando-se sempre o mesmo termômetro na boca (ao invés das axilas), por três minutos.

Pontos importantes:

- A eficácia deste método de controle, quando utilizado corretamente, é de 80% a 90%.

- Este método de controle não deve ser utilizado na menarca (primeira menstruação), próximo à menopausa ou se você estiver doente, pois uma provável febre pode levar você a uma interpretação errada da sua temperatura.

- Um simples stress, viagens, atividades físicas em excesso, medicações, alterações hormonais, cistos de ovário e muitos outros fatores, podem alterar a data da sua menstruação, da sua ovulação, assim como a sua temperatura basal.

- Se você estiver com alguma dúvida quanto a utilização deste método de controle, não deixe de pedir orientações a seu médico ou a um profissional de saúde.

Consultoria:

Dr. Alexandre Selvaggio - Ginecologista e Obstetra

Matéria atualizada em 30 de maio de 2010

Fonte: http://www.planetabebe.com.br/periodo_fertil2.php


Entenda Quando
Começa a Gravidez


Fonte:

Existem controvérsias entre os obstetras e os embriologistas quanto aos termos utilizados para indicar a duração da gravidez e a idade gestacional.

A idade gestacional é calculada pelos obstetras, baseada no primeiro dia da última menstruação, ou seja, cerca de duas semanas antes da ovulação e fecundação ou quase três semanas antes da nidação de ovo. Para os embriologistas, o cálculo da idade gestacional baseia-se no momento da ovulação ou fecundação, realizando a contagem da idade gestacional em dias ou semanas, como os obstetras.

Portranto, se você se basear pelo Obstera, esta primeira semana, deverá corresponder ao primeiro dia de sua última menstruação.

Independente das discordâncias entre embriologistas e obstetras, os termos adotados para designar os diferentes estágios de desenvolvimento do concepto são:

  • Ovo - durante as duas primeiras semanas, após a ovulação, o produto da concepção é, geralmente, denominado ovo, ou seja, o óvulo fecundado.

  • Embrião - este período começa no início da terceira semana após a ovulação ou da quinta semana após o primeiro dia da última menstruação, e coincide com a data esperada para a próxima menstruação. Nessa fase, o disco embrionário está bem definido e o saco coriônico mede 1 cm de diâmetro. No fim da quarta semana após a ovulação, o saco coriônico mede de 2 a 3 cm de diâmetro e o embrião tem 4 a 5 mm de comprimento. O coração e o pericárdio estão muito proeminentes pela dilatação das câmaras cardíacas. Os brotos dos braços e das pernas estão presentes. Aproximadamente seis semanas após a ovulação ou oito semanas após o primeiro dia da última menstruação, o embrião mede 22-24mm e a sua cabeça é, nitidamente, mais volumosa que o tronco e corresponde à metade do seu comprimento total. Existem dedos (pés) e artelhos (mãos).
  • Feto - a partir da oitava semana após a ovulação ou da 10a. semana após a última menstruação, inicia-se o período fetal. A partir daí, poucas estruturas novas importantes são formadas. O crescimento e a maturação das estruturas formadas durante o período embrionário ocorrem nesta fase. No fim da 12a. semana após a última menstruação ou 10 semanas após a ovulação, o comprimento cabeça-nádega é de 6 a 7 cm. Surgem centros de ossificação na maioria dos ossos, há diferenciação dos dedos e artelhos (que estavam grudados uns aos outros), surgem pêlos e começa a definição sexual.

---

Duração da Gravidez

A duração média da gravidez, calculada a partir do primeiro dia da última menstruação, é geralmente de 280 dias, 40 semanas ou dez meses lunares.

É hábito calcular-se a data provável do parto através da regra de Naegele, adicionando-se sete dias a data do primeiro dia da última menstruação e subtraindo-se três meses. Exemplo:


Data da última menstruação:
18 de dezembro de 1.999

18 + 7 dias = 25

Dezembro, menos três meses = Setembro

Data provável do parto = 25 de Setembro de 2.000

Calculada desta forma, a gravidez se iniciaria duas semanas antes da ovulação, o que não é verdade. O momento do início do último período menstrual assumiu importância clínica, para determinar a idade fetal, apenas porque é, geralmente, conhecido com exatidão.

A idade gestacional, calculada a partir do primeiro dia da última menstruação, entretanto, contém imprecisões, mesmo na melhor das circunstâncias devido a vários fatores que podem variar de mulher para mulher.

A ultra-sonografia possibilitou melhor avaliação da idade gestacional, além do melhor conhecimento das estruturas e do desenvolvimento fetais.

A data da última menstruação é também utilizada para as seguintes definições:

  • Gestação de termo: é aquela compreendida entre 37 semanas completas e 42 semanas incompletas, a partir do primeiro dia da última menstruação.

  • Gestação pré-termo: gestação com duração inferior a 37 semanas completas, a partir do primeiro dia da última menstruação.

  • Gestação pós-termo: aquela com duração igual ou superior a 42 semanas completas, a partir do primeiro dia da última menstruação.

Fonte: Obstetrícia Básica - Bussâmara Neme - Sarvier, 1994

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Recadinho


Glitter Text @ Glitterfy.com

UOL Notícias





Declaração Universal dos Direitos Humanos