quinta-feira, 20 de julho de 2017

Dia do Amigo



~~

Escola Modelo Infantil

Professor (a):______________________________________Turma:________ 

Assessoria Pedagógica e Psicopedagógica Institucional:

 Raylene Rêgo

Projeto 2017: Turismo pela Literatura Infantil

Lema: Alunos Turistas da Escola Modelo Infantil pelo mundo da Literatura


Dia do Amigo: vivenciar de 17 a 21 de julho

 

“Precisamos valorizar o amigo e mesmo que não o queiramos como amigo; precisamos respeitá-lo”.

 

Devemos zelar pelas boas amizades, com cultivo, sem barreiras de posição social, sexo ou cor.

Na infância, cultivar a amizade reflete na construção do convívio com outro, dia a pós dia.


Objetivos:
Conceituais

- Perceber hábitos importantes da vida cotidiana, que vão ajuda-lo a ser uma

pessoa agradável com os
outros;
- Fazer com que a criança preste atenção nas regras de convivência,

fazendo-a pensar sobre o respeito que você tem pelos outros e por si;

- Aprender a compartilhar as coisas, de forma prazerosa, saber sinceramente

o que significa ser generoso; - Ampliar o vocabulário; - Ler e interpretar imagens; - Reconhecer o que faz bem e o que faz mal para o amigo; - Adquirir hábitos de trabalhar em grupo; - Reconhecer e valorizar o número.


Procedimentais

- Produzir trabalhos de artes;



- Explorar textos a partir do auto conhecimento;

- Coletar dados por meio de entrevistas;- Desenvolver a capacidade criadora; Estimular a criatividade; - Registrar experiências vividas pelo grupo; - Recontar histórias lidas pela professora.
Atitudinais

- Respeitar e valorizar o próximo; - Apreciar e ler vários tipos de textos; - Apresentar atitudes de colaboração; - Desenvolver o auto conhecimento; - Interagir com outros e ampliar seu conhecimento de mundo; - Confrontar realidade e fantasia.


Sugestão de Sequência Didática

1.    Conversar na rodinha com as crianças sobre a amizade. O que é ser amigo,  o que é legal o amigo fazer, o que não é legal o amigo fazer. Registrar em  um cartaz e expor na sala. Atividade e folha: Desenhar você e seu melhor amigo.

 

2.    Confeccionar com as crianças um outro cartaz para espalhar pela escola

com o título: AMIZADE É.... Cada criança vai escrever o significado de

amizade para ela;

3.    Afixar na sala um envelope para cada criança com seu nome. Elas poderão escrever para os amigos fora da escola e leva para casa

 

4.    Procurar em revistas gravuras que simbolizam o ato de amizade. Expor na sala;

 

5.    Brincadeira de roda: "Eu fui à Bahia comprar um chapéu, da cor da lua, da cor do céu. Não é para mim, não é para ninguém, é para o amigo que quero bem".( cantiga popular). Escolher um amigo e entregar o chapéu.

 

6.    Copiar a música em uma folha e ilustrar;

 

7.    Atividade em folha: Escolher o chapéu que gostaria de dar para um amigo, escrever o nome d amigo e colorir;

 

8.    produzir ma história coletiva. Fazer a cópia;

fotos, respeitar as diferenças;

 

9.    Registro da Fábula o ratinho e o leão, através de atividades artísticas;

Finalizar a Sequência Didática:

Com um teatro para mostrar a importância de se fazer

amigos.



Avaliação


A cada situação colher a opinião das crianças
 raylenerego@hotmail.com   EIRR – Espaço Interdisciplinar Raylene Rêgo: https://raylenerego.blogspot.com.br

Coração Fedorento

 Resultado de imagem para coração fedorentoResultado de imagem para coração fedorento
 
Peça (Coração fedorento)
Coração FedorentoGarota (Maria) : coração preto
Menina (Ana): coração metade brco/preto
Amiguinho (João): coração plástico ou cinza
Garotinho (José): coração dourado
No meio da praça, Maria stá muito triste. Em seu peito pode-se ver um coração negro.
Chega Ana que começa a brincar perto. Ela vem chupando um enorme pirulito.
A menina joga amarelinha, corre de um lado para outro enquanto o garoto a observa triste, choramingando e desanimado. Após algum tempo a menina percebe o garoto e se aproxima.
Ana: Olá!!! Quer um pouquinho do meu pirulito??
Maria: Não...
Ana: Não? Então tá...sobra mais...rs Ah, então vamos brincar de amarelinha?
Maria : Vamos! Oba !
(Primeiro joga a Ana. Mas quando chega a vez da Maria, esta desamina, "murcha", faz bico e volta a chorar.)
Ana: Hei! Menininha, o q q foi, não quer brincar mais ??? Vai, fica feliz, vamos brincar de bola então??
Maria sorri novamente e eles voltam a brincar. Ana para a esquerda, Maria para a direita. Ana parece apanhar uma bola enorme e joga para Maria. Maria vibra, consegue agarrar a bola e devolve o arremesso para Ana. Ela corre pega a bola e devolve, jogando-a. Novamente Maria apanha a bola, mas desta vez ela para, olha a bola em suas mãos, coloca no chão, desfaz o sorriso, "murcha" de novo e volta ao centro triste e choramingando.
Ana: Ué?? Q q houve??? O q aconteceu com você ??
Maria: É o meu coraçãozinho
(Maria triste aponta para o seu coração. Faz sinal de que cheira mal.)
Ana vai e cheira.
Ana: Huuummm q cheirinho hein??
Mariaa: Até você acha, assim não dá... (vai e cheira o coração dela) Ahaha.. o seu também tá começando a cheirar mal.....
Ana chora: Tá não... eu passo perfume nele
Joãozinho chega
Joãozinho: Oii, oq vcs estão fazendo vamos brincar??
Ana: Eu bem q queria mas a menininha tá muito triste...
Joãzinho pergunta para as crianças da platéia: Pq ele tá triste ?
...
Ah entendi... deixa eu ver...(vai e cheira o coração) Nossa!!! Q cheiro horrível !!!.... ai desculpa menininha, não tá tão mal assim...
Maria: Eu sei q tá.... nada me deixa feliz
Ana: Eu já sei tive uma idéia!!! Esperem aqui...
(ela sai)
João: Olha, eu tenho uma solução pra vc ??
Maria: Sério, sério me conta, me conta
João: Eu conto, eu conto..
Maria: Então fala, fala logo, o q é hein??
João:....
Maria: Eu vou conseguir ficar feliz??? ....Ai....
Joãozinho: O q foi?
Maria: Vc demorou muito pra contar... fiquei triste dinovo..
(Ana chega com pano e balde)
Ana: Olha só... nós vamos limpar, e aí a sujeira sai...
(eles limpam)
Ana: E então...???
(eles se aproximam devagar pra cheirar)
Os dois quase caiem pra trás...
Maria chora: Viu, vcs não conseguem..
Joãozinho: Espera aí, eu vou pegar a solução...
Ana: Ah, não fica assim, nós vamos te ajudar..
Joãozinho volta: Tcham! Tcham! Olha só o meu super perfume...
Ana: O seu perfume ? não !! é muito ruim...
Joaozinho: É nada.. quer ver olha... (e passa na Maria)
Maria cai
Ana: Hã... olha o q vc fez, ela desmaiou
José chega, ele tem um coração dourado...
José: O que está acontecendo??
Maria: Tá acontecendo que estes dois estão tentando limpar o meu coração q cheira muito mal e isso me dá uma tristeza, e eu não sei como ficar feliz
José: Eu posso te ajudar
Maria: Ah tá... eles já tentaram sabão, perfume...
José vai tentar cheirar e ela não deixa, ela insiste
José: É vc precisa mesmo....
Maria desanima
José: E não é só ele não!!!
(Ana e João procuram em sua volta)
Ana: Quem mais ?? Eu já vou pegar o meu baldinho...
Joãozinho: E eu o meu super-perfume
José: Nananina não!!! Voltem aqui, eu estou falando de vcs.. dá pra sentir o cheirinho ruim daqui...
(eles cheiram as axilas, e começam a limpá-las)
José: Não é aí... olhe o coração de vcs !! O seu é metade sujo e metade limpo e o seu tá apagado...
Eles choram e resmungam sobre os corações
Maria entra na choradeira
José: Pchiiii ! Quietos! Engolem o choro...
Existe alguém que vai deixar todos vocês com o coração bem limpinho e bonito igual o meu.
Todos: Quem, quem ?
José: É Deus, eu vou orar pra vcs ficarem com o coraçãozinho bem limpinho tá? Olhem só como é....
Eles se animam e observam José dobrar seus joelhos e "pedir a papai do céu" alegrar seus amiguinhos. Eles ficam felizes, mas pouco depois dela se levantar eles novamente "murcham".
José: Hei, vcs também devem orar, aí sim Jesus vai limpar o coração de vcs, vamos pedir?
Todos ajoelham
Final Sugestivo
1 - No meio desta oração, eles irão virar seus coraçãozinhos e então do outro lado terá um coração em branco.
2 - No meio desta oração, entra um anjo com uma cesta com um coração para cada um. E quando terminam a oração, eles trocam os corações.
Para cada final, sege após um diálogo alegre.
Autor: Desconhecido - Texto : Daniela Leon Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Recadinho


Glitter Text @ Glitterfy.com

UOL Notícias





Declaração Universal dos Direitos Humanos